Viagens · Vida no Exterior

Itália e a cultura Pet Friendly

Já fazia um tempo que queria escrever esse post. Quando cheguei aqui fiquei abismada com o quanto as pessoas tinham cães. Eu paro e fico observando ás vezes, e é como se tivessem mais cães do que filhos. E eles realmente tratam os cães como alguém da família. No Brasil, quando eu falava pras pessoas do meu “filho” de 4 patas elas me olhavam como se eu fosse louca chamando meu dog de filho.


E se você está pensando que são só cães fofinhos, de raça e pedigree, não se engane. São cães de todos os tamanhos, cores ou raças. Um mais fofo que o outro. Alguns na coleira, outros livre, leve e soltos, mas sempre acompanhado do seu papaizíneo ou mamãezínea!

Mas quando eu falo de cultura forte é do tipo que você está em uma papelaria e a pessoa entra pra fazer algo ali acompanhada do seu fiel escudeiro. Ou então de você estar no restaurante, ou na balsa e você olha pro lado e tem um amiguinho peludo ali. E isso tudo com a maior naturalidade, sem ser estranho pra ninguém.

Ah, e não me lembro de ter visto cachorro perdido sozinho na rua, ou cão de rua. Seja o dono carregando o cão ou o cão carregando o dono, eles sempre estão acompanhados.

Não sei dizer se essa cultura é tão forte só aqui na região do lago por ser destino de férias de verão ou se realmente é em toda a Itália assim. Já sei que não é em toda Europa assim porque onde vamos morar não é tão fácil achar casa que aceite pet. 🙁


Mas verdade seja dita: se os lugares são pet friendly, os humanos que estão junto com os pet não são muito “human friendly”. Digo isso porque de todos os dogs que eu tentei chamar e fazer uma gracinha, não houve nenhuma receptividade do dono para tal. É como se eles não gostassem mesmo que mecham com seus filhíneos.

Pra quem não sabe eu deixei um pet de 1,5 anos no Brasil.

E isso tudo só aperta mais meu coração de saudade do meu Thorzíneo! 🙁

 

 

Comentários

3 comentários em “Itália e a cultura Pet Friendly

  1. Eu adoro a Itália e achei bem curiosa essa informação, não sabia que tanta gente tinha animaizinhos por lá! Eu particularmente acho ótimo isso, porque aqui no Brasil cachorrinho anda mais na rua mesmo e é isso aí – daí quando vou a um shopping, restaurante ou qualquer lugar, minha Nininha fica em casa sozinha 🙁

    Beijos, Vickawaii
    http://www.neverland.com.br

    1. Oi Vickawaii, que bom que gostou do post.
      Comigo também era assim, várias vezes deixei meu filhote em casa com o coração apertado por não poder levar nos lugares. Fico só imaginando ele aqui comigo com essa liberdade toda <3

      Obrigado pelo comentário e volte sempre.
      Beiinhos!

Deixe uma resposta